Cidadania · Todos · Voto

Uma Revolução Política… Silenciosa, Republicana e Democrática

Por Carlos Roberto Teixeira Netto

Algumas manchetes recentes:

Renan membro do conselho de ética do senado !!!

João Paulo Cunha vai presidir Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ)

116 projetos anticorrupção patinam no Congresso

Sarney, senador pelo Amapá (!), é presidente do senado...

Quer mais???

Busco 10 amigos, de minha rede de confiança, para começar uma revolução democrática, republicana e silenciosa e que mudará esses atuais políticos para o lugar de direito. Quem topa?

Tenho pensado que alternativas temos para nos movermos para uma democracia participativa e moderna (sem sacralizar este modelo, mas contando com o compromisso de pessoas de bem).

Vejo como possível uma mudança no horizonte de 5 a 10 anos. Para isto teríamos que colocar redes de confiança apoiando pessoas para ingressar na política.

Pensei em dois perfis diferentes, basicamente. Um seria de pessoas que já estão resolvidas na vida, de boa reputação, com suas famílias criadas e que têm espírito público. O outro perfil seria de jovens promissores e que tivessem as competências necessárias (vamos estar trabalhando sobre isto) e perfil republicano.

Recebi sugestões para a formação de um novo partido…

Adoto a sugestão de Paulo em Fil 2.3 : ” Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo.”

A estratégia aqui é penetrar nos diferentes partidos e fazer valer as coisas boas e bonitas enunciadas em seus programas. É colocar na prática o que dizem que são ou que deveriam fazer (isto já seria uma enorme revolução do bem).

Alguns números, baseados nos eleitores do Tiririca, cerca de 1,3 milhões, para mostrar a viabilidade da idéia:

Se cada rede de confiança de 100 pessoas se envolvessem em suportar apenas uma pessoa… Um milhão de pessoas (ou 10 mil redes) suportariam 10 mil novos políticos! Seriam vereadores, deputados estaduais federais, senadores, prefeitos, governadores, etc. trabalhando pelo bem comum. Seria, na prática, a implementação de um sistema distrital (que não interessa aos atuais políticos). Na verdade, traficantes, líderes de milícia, grupos de interesse já fazem isto, enquanto as pessoas de bem se mantém docilmente a margem (como se isto fosse possível).

Nesta linha, cheguei a pensar em uma saída (sonho? loucura? utopia?) para esta situação. Aí vão alguns cálculos, como não poderia deixar de ter…

  • 1.6 milhões de pessoas assinaram o projeto de lei Ficha Limpa pela inoperância dos legisladores eleitos nos últimos 20 anos (pelo menos), para atender ao estabelecido no Artigo 14 da constituição.
  • 1.3 milhões de pessoas, só no estado de SP, elegeram o Tiririca (e mais 3 ou 4 candidatos em quem não votariam…), como forma de mostrar sua insatisfação com a política que temos (para quem não leu, escrevi um post “Aos Eleitores do Tiririca”)
O que 1 milhão de pessoas poderiam fazer, SE QUISESSE?
Criar uma nova classe política para mudar este país em uma geração!

Como?
Começando com um ciclo de 10 amigos, cada um comprometendo-se a conseguir mais 10 outros de sua rede de confiança.
Seriam grupos de 100 eleitores que funcionariam como suporte para um futuro/novo político. Teriam um forum para debates, troca de idéias, divulgações em suas redes de confiança, prestação de contas, etc.  Formariam um fundo para custear a capacitação e divulgação de futuro/novo político.

Com esta notícia de 26/04/2011:

Já comecei a fazer a minha parte convocando 10 amigos para ir tirando esses políticos de lá, de forma democrática e republicana.

Sei, de antemão, que é trabalho de formiguinha. Mas amo meu país mais do que meu conforto pessoal.

Quem quer fazer parte deste movimentos? Convoque 10 pessoas de seu círculo de amigos e faça seu grupo de 100. E mãos à obra!

Anúncios

7 comentários em “Uma Revolução Política… Silenciosa, Republicana e Democrática

    1. Ivan, Muito obrigado pelos links. Bom saber que tem outros pensando na mesma linha. A tecnologia, as redes sociais trazem uma nova maneira de atuar, com menos custo, mais rápidas e podem, se bem usadas, fazer mudar este país.

      Curtir

  1. Estou dentro.
    Vou começar a trabalhar.
    E preciso agora catequizar outros 10.
    Botar o bestunto para trabalhar.
    Preciso encontrar várias competências.
    Quem pode dar um slogan, uma bandeira para este movimento?
    Fernando Coelho de Souza

    Curtir

  2. Caro amigo,
    Suas palavras ecoaram em mim em perfeita ressonância (de modo bem engenheiro), e eu gostaria de aliar-me a sua rede de confiança. Favor dizer-me o que se deve fazer, por que tenho muita vontade de influir nos destinos do nosso Brasil.

    Curtir

    1. Meu caro,
      Estou dentro, pois é impossível que um país como nosso, brasileiros com “B” não sintam vergonha de ter um congresso espúrio, canastrão, que legisla em causa própria e ao arremedo da lei. BASTA…

      Curtir

  3. Es un proyecto muy importante para nuestros países Como puedo hacer para bajarlo en castellano. De esa manera lo presento a mis amigos para ver sus reaccines

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s