Educação · Todos

A Dívida de quem estudou em Escolas Públicas

Por Carlos Roberto Teixeira Netto

EP23MGFui chamado a pensar em quanto devo a Deus, a meus pais e a sociedade, pois estudei a maior parte do tempo em escolas públicas (EM Minas Gerais, CMF, ITA), pois meus pais não teriam condição de pagar escola particular para mim (pagaram o Curso Botafogo, preparatório para o CMRJ e tiveram abatimento no CMF). O Curso Bahiense, preparatório para o vestibular, me deu uma bolsa integral de estudos que, graças a esta oportunidade, pude “pagar” passando em todos os vestibulares que fiz (IME, ITA e POLI). Não é à toa este sentimento de gratidão e dívida que tenho.

Volta e meia se discute a questão da “Progressão Continuada” e da “Aprovação Automática” . Não vou entrar no mérito dessas discussões, pois não sou da área de Educação. O objetivo aqui é fazer pensar…

Se de um lado temos a sociedade pagando, através dos impostos, para que o Estado cumpra sua função de desenvolver e capacitar seus cidadãos para um futuro sustentável e melhor, de outro temos os alunos. Qual é a obrigação ou o DEVER desses alunos?

Estamos imersos em uma sociedade que, com muitas boas razões, resgatou e focou nos DIREITOS BÁSICOS do cidadão, da pessoa, da criança, do idoso, do deficiente, da mulher, das minorias, etc. Mas, ninguém fala mais dos DEVERES…

Voltando ao aluno… Os professores, hoje, temem repreender o aluno, pois os pais podem reclamar e protestar (DIREITO desses). Mas, quem defende o DIREITO dos demais alunos de terem um ambiente favorável ao aprendizado?

O DEVER do aluno é comportar-se em sala, fazer silêncio, ouvir o professor, respeitar o professor e o colega, aprender a lidar com os outros de forma educada, estudar, fazer seus exercícios,  fazer suas provas (verificação do que estudou), etc. O passar de ano é uma consequência disso tudo.

Afinal, os alunos estão usufruindo do benefício proporcionado pelo esforço de TODOS aqueles que de uma forma ou de outra pagam seus impostos.

Agora para você que um dia foi beneficiado pelo ensino público… O que tem feito como retorno, como devedor do que recebeu? Aproxime-se de uma escola pública, apoie a direção, oriente os alunos, faça o que estiver a seu alcance!

Aqui meus agradecimentos a todos professores, mestres, educadores que tive.

Mais sobre Educação…

Exemplos de coisas que estão acontecendo:

EIC Montreal Rio

Colégio Embraer Juarez Wanderley

Prêmio Jovens Inspiradores: finalista Bruno Avena de Azevedo

Anúncios

Um comentário em “A Dívida de quem estudou em Escolas Públicas

  1. O seu relato me emocionou pois me remeteu à minha infância na periferia de São Paulo onde minha mãe passou os melhores anos dela lutando para que eu estudasse e defendendo a idéia de que o estudo (o conhecimento) seria a ferramenta fundamental para a minha formação pessoal e profissional. Pra mim foi. Agradeço a Deus por esse legado.
    Lembro de muitos vizinhos que tinham a mesma postura em suas vidas. Alguns vieram pra SP em condições mais dificeis que seus locais de origem para proporcionarem melhores escolas aos filhos.
    As escolas públicas eram, na média, bem melhores que as particulares. Oh happy days!! As despesas educacionais -livros, materiais, uniforme, ônibus,etc.- eram prioritárias para essas famílias até, por vezes, sobre a alimentação. Passei isso para os meus filhos.

    De vez em quando, vendo muitas coisas que estão acontecendo, fico perplexo e quero entender onde esse pessoal quer chegar ou melhor, onde eles vão nos levar, pois são eles que estão conduzindo as políticas públicas no Brasil.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s