Carga Tributária · Cidadania · Todos

Transporte Público… Outro Fracasso do Estado?

Por Carlos Roberto Teixeira Netto

A propósito dessas manifestações devido ao aumento preço das passagens que vem ocorrendo em São Paulo, no Rio de Janeiro e em outras capitais…

Haveria que aprofundar e verificar que pessoas são tão seriamente afetadas pelo aumento das passagens. Com certeza, não foram aquelas que recebem auxílio transporte, pois neste caso o aumento seria repassado para o empregador. Também, não estão aí os estudantes da rede pública, nem os aposentados, pois esses já não arcam com esses custos. A título de informação, cerca de 45% da força de trabalho brasileira NÃO tem carteira profissional, ou seja, essas que já não estão no mercado formal são as mais afetadas.

Causa-me uma profunda tristeza ao perceber que um aumento de R$0,20 a R$0,40 na passagem irá afetar tantas pessoas. Tristeza maior é pensar que valores astronômicos (Impostometro) estão sendo mal utilizados ou desviados e que poderiam estar sendo usado para resolver este e outros problemas.

Com relação aos excessos dos manifestantes e da polícia, recomendo que escutem ambas as partes antes de apressadamente julgarem e condenarem uns ou outros guiados pelos preconceitos (que todo mundo tem, inclusive eu). Com certeza, aproveitadores usarão essas oportunidades para fazer valer seus pontos de vistas, em geral, não declarados.

Para mim, este é o resumo simplificado desta ópera:

  • O estado falhou no desenvolvimento do transporte público ao longo do tempo.
  • Os cidadãos diante disto foram resolvendo seus problemas de transporte. Quem pode decidiu pela compra de seus próprios automóveis. Muitos se endividando a longo prazo pelo financiamento facilitado. Vieram as vans e as consequências desta nova forma de transporte.
  • Tudo muito bem, no inicio… pois o estado arrecadava (e arrecada) 1/3 do valor do veiculo comprado. Mais dinheiro para desviarem…

A conta vai chegando… As ruas não crescem em número e nem são alargadas.

Resultados:

  • Transito parado! E, suas consequências invisíveis…
  • Tempo desperdiçado! (tempo que poderia ser utilizao com a família, para ler, para estudar, para se divertir)
  • Combustível desperdiçado! (maior parte de recursos não renováveis…)
  • Poluição aumentada! (Meio Ambiente)
  • Saúde afetada! (pela poluição)

Convido um especialista do governo que faça o que o novo prefeito de São Paulo diz em sua propaganda eleitoral: Trabalho sério e Planejamento. Para começar faça um cálculo dos custos que a população paga por esta deficência do estado (Desperdício de Tempo e Combustível, Poluição e Efeitos na Saúde). Garanto que irão se surpreender com o custo que a sociedade paga pela incompetência do poder público em dar um transporte de qualidade a população que o elegeu.

A título de memória segue clip da propaganda eleitoral do Haddad, em SP…

Uma dessas frases que vi e gostei (Não descobri a autoria):
“País desenvolvido não é aquele em que os pobres podem comprar carros novos, mas sim onde os ricos andam de transporte público.”

comparacao-carro-onibus.

.

Sem dúvida a solução deste problema passa pela melhora significativa da qualidade do transporte público (quantidade, frequência, conforto) e também o subsídio que incentivará o uso do mesmo em detrimento do veículo particular. Como menos carros na rua todos ganham, tanto quem se vale do transporte coletivo que ficará mais rápido e com custo atraente como o usuário do automóvel, que ainda precisar desta forma de deslocamento.

Para que se tenha idéia dos custos totais deste processo, seguem links que ilustram esses custos ocultos e um abaixo-assinado:

Paris terá transporte público gratuito até domingo para combater alto nível de poluição

Custo de congestionamentos em SP e Rio atinge R$ 98 bilhões

Custo da poluição na Saúde Pública – R$1,2 bilhões

Abaixo-assinado: Por um transporte público mais barato no Brasil! É possível e urgente! #tarifamaisbarata

.

.

.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s