Sobre este Blog…

Todo o poder emana do povo,
que o exerce por meio de representantes eleitos
ou diretamente,
nos termos desta Constituição.

( Artigo 1o. Constituição da República Federativa do Brasil 1988 )

Este é um espaço para divulgação e apoio à idéias e ações para o desenvolvimento da Democracia, em nosso país.

O objetivo aqui é tratar de questões sem partidarismos, visando o aperfeiçoamento de nossa Democracia.

É um site para aqueles que não estão sendo representados pelos “representantes eleitos” e/ou pelos partidos existentes, mas aos quais a constituição dá o espaço para que exerçam seus direitos, nos termos desta mesma constituição.

Sobre o autor desses posts (veja o link abaixo):

Carlos Roberto Teixeira Netto

9 comentários em “Sobre este Blog…

  1. Caros amigos,
    Creio que é importante esta iniciativa, de um movimento social pela democracia, no qual estamos todos envolvidos, direta ou indiretamente.
    Gostaria de convidá-los a conhecer o que o cientista psico-social Norberto Keppe fala sobre a neurose do ser humano manifesta no poder através do sistema economico, nomeadamente dos bancos. E como seria possivel “sanar” a situação, psiquica e social.
    Assistam o documentário http://www.stop.org.br/site/catalogo/arquivos.php?idarquivo=365
    Att.,
    Gisela

    Curtir

    1. Gisela, ouvi a entrevista no link citado e achei exacerbado o enfoque do psicanalista falando de economia, sem o conhecimento adequado. Atribuir a culpa dos males do mundo aos bancos/banqueiros é uma simplificação incorreta. O poder de emitir moeda é monopólio do estado e não de particulares. Para que $100 virem $300, como citado, em termos reais (excluindo inflação), a uma taxa de 3%a.a., são necessários 40 anos.

      Curtir

  2. Betto, admiro sua dedicação em falar e fazer algo para uma mudança do que está ruím.
    Estou junto com vc neste desejo.

    Concordo com vc com relação à radicalização de posições.
    Existe uma radicalização, no entanto, que não podemos deixar de radicalizar; é a de buscar fazer o bem com mais focalização-radicalização e atenção do que atacar o mal.
    Precisamos guardar as forças para construirmos as bases para o novo sabendo que é com uma nova opção palpável que poderemos eliminar as bases do mal. É plantando árvores de frutos bons que eliminamos os espaços para as ervas daninhas.
    Se não tivermos alternativas visíveis para que as pessoas que são enganadas possam abraçar então tentar tirá-los do êrro tem muito pouco poder.

    Estamos no mesmo caminho o que creio que falta é; Quando teremos mais do que palavras?

    Curtir

  3. Carlos vi com atenção e como normalmente acontece concordo com alguns pontos e discordo de outros.
    Pode me enviar a apresentação para facilitar os meus comentários?
    Abração e parabéns pela iniciativa.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s